Tem portes grátis na sua próxima encomenda! Vai aproveitar?

Própolis, o “Ouro Verde” da Natureza

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp
A Própolis (um produto apícola), que tem uma longa história de uso medicinal pelo homem que tem atraído muito interesse científico; Isto deve-se às suas actividades biológicas amplamente divulgadas, tais como propriedades antivirais, antifúngicas, antibacterianas, anti-inflamatórias, antioxidantes e anticarcinogénicas.

O mel é óptimo, mas as abelhas têm um segredo muito maior, algo que pode nunca ter ouvido falar, mas que lhe vamos revelar neste artigo. Esse segredo tem um nome, chama-se Própolis, e é uma resina natural produzida pelas abelhas para proteção e conservação da saúda nas suas colmeias.

Os benefícios do Própolis para a nossa saúde são muito promissores, é actualmente uma substância natural muito procurada pelas suas incríveis propriedades: antivirais, antifúngicas, antibacterianas, anti-inflamatórias, antioxidantes e anticarcinogénicas, a lista não para de crescer (2).

O que é o Própolis?

própolis verde do brasil
Própolis Verde, colmeia Brasileira.

O própolis é um composto produzido a partir da seiva em árvores com folhas de agulhas ou sempre-verdes. Quando combinam a seiva com as suas próprias descargas de cera, as abelhas criam um produto pegajoso, castanho-esverdeado, utilizado como revestimento para construir as suas colmeias. Isto é o própolis.

O Própolis protege as colmeias de serem invadis por fungos ou bactérias, as suas propriedades são incríveis, é a chave da saúde de uma colmeia, e os humanos também podem beneficiar da introdução deste composto na sua dieta.

Há milhares de anos atrás, civilizações antigas utilizavam o própolis pelas suas propriedades medicinais. Os gregos utilizavam-na para tratar os abcessos. Os assírios colocavam-no em feridas e tumores para combater as infecções e ajudar no processo de cura. Os egípcios utilizavam-no para embalsamar múmias.

A composição do própolis pode variar em função da localização das abelhas e das árvores e flores a que têm acesso. Por exemplo, o própolis da Europa não terá a mesma composição química que o própolis do Brasil. O que torna difícil aos investigadores chegarem a conclusões gerais sobre os seus benefícios para a saúde do própolis no geral.

Na i2, temos acesso exclusivo ao chamado “Própolis Verde”, o Própolis Brasileiro (1), onde as abelhas têm acesso à incrível e diversa flora do Brasil, já conhecida por ser um verdadeiro “tesouro” para a comunidade científica. O Própolis verde é o ex-libris de todos as variedades conhecidas deste composto.

Os benefícios do Própolis para a nossa saúde.

Os investigadores já identificaram mais de 300 compostos no Própolis. A maioria destes compostos são formas de polifenóis. Os polifenóis são antioxidantes que combatem doenças e danos no organismo.

Especificamente, o própolis contém os polifenóis chamados flavonóides. Os flavonóides são produzidos nas plantas como uma forma de protecção. São normalmente encontrados em alimentos ricos em antioxidantes.

Pensa-se que o Própolis tem propriedades antibacterianas, antivirais, antifúngicas, e anti-inflamatórias. A investigação científica sobre este composto é ainda limitada, mas tem recebido imensa atenção por parte dos investigadores, nos últimos anos.

Os investigadores não sabem ainda exactamente o porquê da sua ação, mas o Própolis parece oferecer protecção contra algumas bactérias, vírus, e fungos.

Feridas

O Própolis contem um composto especial chamado pinocembrin, um flavonóide que actua como um antifúngico. Estas propriedades anti-inflamatórias e antimicrobianas tornam o Própolis útil na cicatrização de feridas. Um estudo (3) descobriu que o Própolis pode ajudar as pessoas que tiveram queimaduras traumáticas a sarar mais rapidamente, acelerando o crescimento de novas células saudáveis.

Um outro estudo (4), descobriu que um extracto alcoólico tópico de Própolis era mais eficaz do que um creme esteróide na redução de mastócitos em feridas de cirurgia oral. Os mastócitos estão associados à inflamação e retardam a cicatrização das feridas.

Herpes

Pomadas e cremes que contêm Própolis podem ajudar a acelerar o tempo de cura e reduzir os sintomas do herpes labial e genital.

De acordo com um estudo (5), o própolis tópico foi aplicado três vezes por dia, ajudou a curar as feridas do herpes mais rapidamente do que qualquer outro tratamento conhecido. Os investigadores descobriram que o creme de própolis não só reduziu a quantidade de vírus do herpes presente no corpo de uma pessoa, mas também protegeu o corpo contra futuras erupções de úlceras do herpes.

Cancro

Sugeriu-se que o Própolis tenha também um papel no tratamento de certos cancros. De acordo com um estudo (6), alguns dos efeitos anti-cancerígenos da substância incluem:

  • Evitar a multiplicação de células cancerosas.
  • Redução da probabilidade de as células se tornarem cancerosas.
  • Bloqueio de caminhos que impedem as células cancerígenas de sinalizarem umas às outras.
  • Sugestão do Própolis como uma terapia complementar – mas não um tratamento único – para o cancro.

Outro estudo(7) concluiu que a toma de Própolis poderia ser uma terapia complementar útil no tratamento do cancro da mama devido aos seus efeitos anti-tumorais nas células cancerosas da mama.

O Própolis no controle dos Virus.

O Própolis protege a colmeia de ataques de vírus. Contém polifenóis e flavonóides, bem como vários compostos antioxidantes específicos, incluindo beta-caroteno, ácido cafeico e kaempferol.

Sabe-se que a ação anti-viral do Própolis esta centrada primariamente nestes dois últimos flavonóides, o ácido cafeico e o kaempferol.

Ambos, conseguem impedir a replicação e propagação viral de imensos vírus, incluindo os vírus corona, mas não só. (10 ,11).

Os flavonóides extraídos da resina (kaempferol, acacetina, quercetina, galangina, e crisina) foram reportados como sendo citotóxicos em doses variáveis. Por exemplo, o 3-metil-but-2-enil caffeate, um composto extraído e caracterizado do álamo, demonstrou inibir a síntese de ADN do HSV 1 ex-vivo. O Isopentyl ferulado mostrou actividade contra o vírus da gripe A1 Honey Kong (H3N2) ex-vivo.

Os mecanismos propostos de actividade antiviral incluem a inibição da entrada de vírus nas células, e a perturbação da maquinaria de replicação viral.

Para além do seu efeito na multiplicação de vírus, verificou-se também que o própolis exerce uma acção virucida sobre os vírus envelopados.

Fonte: https://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1111/dth.13780

Como comprar Própolis Verde?

Que suplementos i2 pode tomar para adicionar o Própolis Verde à sua dieta?

Por sermos produtores e parceiros de apicultores experientes no Brasil, conseguimos disponibilizar uma crescente linha de produtos formulados com extrato de Própolis Verde. Estes produtos foram cuidadosamente pensados e preparados para surtirem o melhor efeito terapêutico possível.

O nosso ex-libris é o Enerbilin-C, um produto que exulta a energia proveniente dos produtos apículas, destacando o maior composto fenólico do Própolis Verde, o artepilin-c, unindo-o a outras patentes amplamente estudadas, resultando numa sinergia sigular. O Enerbilin-A, alia ao Própolis Verde, a raiz de astragalus e o zinco. Torna-se assim um aliado ideal do nosso sistema imunitário, ajudando a lutar contra as gripes e constipações típicas do inverno.

Para quem procura um uso mais puro do Própolis Verde, temos um extrato de Própolis Verde em gotas, OligoGreen ®.

Como tomar?

Um estudo(8) recomenda uma toma diária de cerca de 70 miligramas por dia para obtenção de benefícios terapêuticos. Dependendo do fabricante pode ser sugerida uma dose diferente no rótulo do produto.

Pergunte ao seu médico ou nutricionista se o Própolis é adequado para si antes de tomar qualquer suplemento.

Caso tenha alguma dúvida, questão ou necessite de auxilio na conclusão da encomenda, utilize o nosso chat online, disponível no botão do messenger no canto inferior direito do website.

Como encomendar?

Visite a página dos nossos suplementos mais vendidos, com Própolis verde, o Enerbilin-A ou Enerbilin-C (versão premium).

Faça um comentário agora.